Montando um Ambiente de Desenvolvimento PHP no Windows (AMP)

Padrão

Olá pessoal! Neste post veremos como montar um ambiente de desenvolvimento para PHP. Pra quem não conhece, o PHP é uma das linguagens mais utilizadas para o desenvolvimento de sites e sistemas para a web.

O ambiente básico de desenvolvimento para PHP é composto de um servidor (Apache HTTP), o interpretador da linguagem PHP e o banco de dados MySQL. Esse ambiente é conhecido como AMP. É este o pacote básico fornecido pela grande maioria dos serviços de hospedagem hoje. E é esse ambiente que veremos como montar e configurar, para que você possa começar a desenvolver seus aplicativos e sites usando PHP.

O Servidor HTTP Apache

O primeiro passo é instalar o servidor HTTP Apache. No momento em que este post é escrito, a última versão estável é a 2.2. Vamos até este endereço e vamos baixar a versão para Windows com suporte a criptografia (Win32 Binary Including OpenSSL 0.9.8r (MSI Installer)). O arquivo tem aproximadamente 5,5Mb. Após concluído o download, teremos o nosso instalador:

Vamos agora instalar o servidor. A instalação deve ocorrer sem maiores problemas, devendo apenas atentar para a tela com as configurações do domínio e porta. Como estamos instalando para uso local, estes parâmetros não são muito importantes (com exceção da porta). Aqui temos uma sugestão de preenchimento, com valores fictícios nos dados do servidor e utilizando a porta 80.

Na tela seguinte, selecione a opção Typical e avance. Na próxima tela é onde devemos selecionar o local onde o servidor será instalado. Se você está utilizando o Windows Vista ou 7, recomendo que instale em algum local fora da pasta padrão (Program Files) para evitar problemas de permissão e acesso como usuário administrador. Neste exemplo, instalarei o servidor em C:\apache.

Avance e clique em Install para iniciar a instalação. Caso sejam exibidas algumas mensagens de erro, ignore por enquanto. Após a instalação, você deverá ter um ícone ao lado do relógio, indicando que o servidor foi instalado corretamente.

Para verificar se a instalação ocorreu corretamente, verifique se o ícone ao lado do relógio está com um “play” de cor verde. Caso positivo, abra seu navegador e digite localhost/. Caso apareça uma mensagem indicando que não foi possível exibir a página, ou mesmo uma página em branco, é sinal que o serviço não está funcionando corretamente. Muito provavelmente isso ocorreu devido a porta 80 já estar em uso (o Skype, por exemplo, utiliza essa porta). Para modificar esta configuração, vá até a pasta onde o Apache foi instalado, entre na pasta conf e abra o arquivo httpd.conf. Faça uma busca pela linha que contém Listen 80. Este é o valor da porta configurado. Modifique este valor, por exemplo para 81. Salve o arquivo, vá até o ícone ao lado do relógio, clique sobre ele e selecione Apache 2.2 -> Restart. O ícone deverá indicar que o servidor está rodando (verde). Abra o navegador e digite localhost:81. A mensagem It works! deverá ser exibida. Lembrando que essa modificação só é necessária caso você tenha problemas ao executar na porta 80.

Colocando o PHP em Ação

O próximo passo é realizar a instalação do PHP e configurá-lo junto ao servidor Apache. Vá até o site do PHP aqui para acessar os downloads para Windows. No momento em que este post é escrito, temos a versão 5.2 compatível com o Apache. Assim, navegue até a área da página relativa a essa versão e baixe a versão VC6 x86 Thread Safe em formato Zip (o download tem aproximadamente 10Mb). Ao concluir, teremos o arquivo php-5.2.xx-Win32-VC6-x86.zip (com o xx representando a versão do PHP). Vamos extrair a pasta para C:\php5, ficando o seu diretório assim:

Bom, agora com o PHP descompactado, o primeiro passo é adicioná-lo ao path do sistema. No Windows XP, clique com o botão direito sobre Meu Computador e selecione Propriedades, selecionando a aba Avançado. No Windows Vista / 7, clique com o botão direito sobre Computador e selecione Propriedades. Na tela seguinte, selecione a opção Configurações avançadas do sistema. Agora, clique sobre o botão Variáveis de Ambiente. Na área Variáveis do sistema, procure pela variável Path e clique em Editar. Ao final do conteúdo, adicione um ; e o local onde está a pasta do PHP. Ficará assim:

Confirme as alterações. O próximo passo é criarmos o arquivo de configuração do PHP. Dentro da pasta do PHP, procure pelo arquivo php.ini-recommended. É através dele que teremos a base para o nosso arquivo de configuração. Faça uma cópia deste arquivo, renomeando-o para php.ini. Agora, edite-o no bloco de notas e procure pelas linhas ;extension=php_mysql.dll e ;extension=php_mysqli.dll. Retire os ponto e vírgulas antes de extension nessas duas linhas e salve o arquivo. Agora vamos configurar o Apache para trabalhar com o PHP. Vá até a pasta do Apache e abra o arquivo httpd.conf que está dentro da pasta conf. Procure pelo trecho

    DirectoryIndex index.html

e altere para

    DirectoryIndex index.html index.php

Ao final do arquivo, adicione ainda as linhas

LoadModule php5_module "c:/php5/php5apache2_2.dll"
AddType application/x-httpd-php .php
PHPIniDir "c:/php5"

Salve o arquivo e reinicie o Apache pelo ícone ao lado do relógio. O ícone deverá ficar verde novamente. Agora, vamos testar se o PHP está funcionando corretamente. Abra um editor qualquer e digite o seguinte código:

<!--?php phpinfo(); ?-->

E salve-o como index.php. Agora, copie-o para a pasta htdocs dentro do Apache e exclua o arquivo index.html que está lá. Vá ao seu navegador e digite localhost (ou localhost:<número da porta>, caso você tenha modificado). O resultado deverá ser o seguinte:

Se essa página com informações sobre o PHP aparecer, é sinal que ele está instalado corretamente.

Instalando o MySQL

Agora nos falta instalar o nosso banco de dados, que irá armazenará os dados de nossos aplicativos e páginas em PHP. Aqui no site do MySQL, vamos baixar a versão Community que neste momento se encontra na versão 5.5. Baixe o instalador (MSI Installer) de acordo com a arquitetura do seu Windows (32 ou 64 bits). Após a conclusão do download, execute o instalador.


Avance e selecione a instalação Típica e vá avançando. Ao final deixe marcada a opção para iniciar o assistente de configuração. Na tela de configuração, avance e marque a opção Standard Configuration.

Na tela seguinte, marque a opção para incluir o diretório bin do MySQL no Path do sistema e avance. Na tela seguinte será pedido a senha do usuário do administrador do MySQL. Coloque o que achar conveniente e avance ou desmarque a opção Modify Security Settings para deixar o usuário administrador sem senha (não recomendado). Avance e clique em Execute.

Clique em Finish para completar o processo. Agora é necessário realizar algumas configurações no PHP. Vá até a pasta e abra o arquivo php.ini. Procure pelos parâmetros mysql.default_usermysqli.default_user e coloque o valor root neles. Salve o arquivo e reinicie o Apache.

Se o processo foi completado sem erros, o seu ambiente já deve estar funcionando corretamente. Porém, vou incluir um passo extra opcional para gerenciar seu banco de dados.

Instalando o PHPMyAdmin (opcional)

O PHPMyAdmin é uma ferramenta web para o gerenciamento do banco de dados MySQL. No momento em que escrevo o post, a versão mais recente é a 3.4.8. Entre no site e baixe o arquivo phpMyAdmin-3.4.8-all-languages.zip. Após o download, descompacte o arquivo e remomeie a pasta para phpmyadmin. Após isso, mova-a para a pasta htdocs dentro da pasta de instalação do Apache.

Após isso, basta ir ao seu navegador e digitar localhost/phpmyadmin (ou colocando a porta, caso você tenha mudado).

Pronto! No caso ele deu uma chiada pela ausência de uma extensão (mcrypt, para criptografia), mas deve funcionar normalmente.

Bom, espero que o tutorial tenha sido útil a vocês! Até a próxima! 🙂

2 comentários sobre “Montando um Ambiente de Desenvolvimento PHP no Windows (AMP)

  1. Gabriel Mizael

    só estou com uma dúvida, quando adiciono as linhas

    LoadModule php5_module “c:/php5/php5apache2_2.dll”

    AddType application/x-httpd-php .php

    PHPIniDir “c:/php5”

    no arquivo httpd.conf o apache não inicia. sabem o que pode ser?
    Obrigado pelo tutorial!

  2. Matheus Rodrigues

    Creio que seja mais tranquilo para iniciantes, instalar diretamente alguns programas como WampServer ou Vertrigo, devido ao fato de já ter instalado Apache,MySQL, etc. 😀

Deixe uma resposta