Montando um Ambiente de Desenvolvimento PHP no Windows (AMP)

Padrão

Olá pessoal! Neste post veremos como montar um ambiente de desenvolvimento para PHP. Pra quem não conhece, o PHP é uma das linguagens mais utilizadas para o desenvolvimento de sites e sistemas para a web.

O ambiente básico de desenvolvimento para PHP é composto de um servidor (Apache HTTP), o interpretador da linguagem PHP e o banco de dados MySQL. Esse ambiente é conhecido como AMP. É este o pacote básico fornecido pela grande maioria dos serviços de hospedagem hoje. E é esse ambiente que veremos como montar e configurar, para que você possa começar a desenvolver seus aplicativos e sites usando PHP.

O Servidor HTTP Apache

O primeiro passo é instalar o servidor HTTP Apache. No momento em que este post é escrito, a última versão estável é a 2.2. Vamos até este endereço e vamos baixar a versão para Windows com suporte a criptografia (Win32 Binary Including OpenSSL 0.9.8r (MSI Installer)). O arquivo tem aproximadamente 5,5Mb. Após concluído o download, teremos o nosso instalador:

Vamos agora instalar o servidor. A instalação deve ocorrer sem maiores problemas, devendo apenas atentar para a tela com as configurações do domínio e porta. Como estamos instalando para uso local, estes parâmetros não são muito importantes (com exceção da porta). Aqui temos uma sugestão de preenchimento, com valores fictícios nos dados do servidor e utilizando a porta 80.

Na tela seguinte, selecione a opção Typical e avance. Na próxima tela é onde devemos selecionar o local onde o servidor será instalado. Se você está utilizando o Windows Vista ou 7, recomendo que instale em algum local fora da pasta padrão (Program Files) para evitar problemas de permissão e acesso como usuário administrador. Neste exemplo, instalarei o servidor em C:\apache.

Avance e clique em Install para iniciar a instalação. Caso sejam exibidas algumas mensagens de erro, ignore por enquanto. Após a instalação, você deverá ter um ícone ao lado do relógio, indicando que o servidor foi instalado corretamente.

Para verificar se a instalação ocorreu corretamente, verifique se o ícone ao lado do relógio está com um “play” de cor verde. Caso positivo, abra seu navegador e digite localhost/. Caso apareça uma mensagem indicando que não foi possível exibir a página, ou mesmo uma página em branco, é sinal que o serviço não está funcionando corretamente. Muito provavelmente isso ocorreu devido a porta 80 já estar em uso (o Skype, por exemplo, utiliza essa porta). Para modificar esta configuração, vá até a pasta onde o Apache foi instalado, entre na pasta conf e abra o arquivo httpd.conf. Faça uma busca pela linha que contém Listen 80. Este é o valor da porta configurado. Modifique este valor, por exemplo para 81. Salve o arquivo, vá até o ícone ao lado do relógio, clique sobre ele e selecione Apache 2.2 -> Restart. O ícone deverá indicar que o servidor está rodando (verde). Abra o navegador e digite localhost:81. A mensagem It works! deverá ser exibida. Lembrando que essa modificação só é necessária caso você tenha problemas ao executar na porta 80.

Colocando o PHP em Ação

O próximo passo é realizar a instalação do PHP e configurá-lo junto ao servidor Apache. Vá até o site do PHP aqui para acessar os downloads para Windows. No momento em que este post é escrito, temos a versão 5.2 compatível com o Apache. Assim, navegue até a área da página relativa a essa versão e baixe a versão VC6 x86 Thread Safe em formato Zip (o download tem aproximadamente 10Mb). Ao concluir, teremos o arquivo php-5.2.xx-Win32-VC6-x86.zip (com o xx representando a versão do PHP). Vamos extrair a pasta para C:\php5, ficando o seu diretório assim:

Bom, agora com o PHP descompactado, o primeiro passo é adicioná-lo ao path do sistema. No Windows XP, clique com o botão direito sobre Meu Computador e selecione Propriedades, selecionando a aba Avançado. No Windows Vista / 7, clique com o botão direito sobre Computador e selecione Propriedades. Na tela seguinte, selecione a opção Configurações avançadas do sistema. Agora, clique sobre o botão Variáveis de Ambiente. Na área Variáveis do sistema, procure pela variável Path e clique em Editar. Ao final do conteúdo, adicione um ; e o local onde está a pasta do PHP. Ficará assim:

Confirme as alterações. O próximo passo é criarmos o arquivo de configuração do PHP. Dentro da pasta do PHP, procure pelo arquivo php.ini-recommended. É através dele que teremos a base para o nosso arquivo de configuração. Faça uma cópia deste arquivo, renomeando-o para php.ini. Agora, edite-o no bloco de notas e procure pelas linhas ;extension=php_mysql.dll e ;extension=php_mysqli.dll. Retire os ponto e vírgulas antes de extension nessas duas linhas e salve o arquivo. Agora vamos configurar o Apache para trabalhar com o PHP. Vá até a pasta do Apache e abra o arquivo httpd.conf que está dentro da pasta conf. Procure pelo trecho

    DirectoryIndex index.html

e altere para

    DirectoryIndex index.html index.php

Ao final do arquivo, adicione ainda as linhas

LoadModule php5_module "c:/php5/php5apache2_2.dll"
AddType application/x-httpd-php .php
PHPIniDir "c:/php5"

Salve o arquivo e reinicie o Apache pelo ícone ao lado do relógio. O ícone deverá ficar verde novamente. Agora, vamos testar se o PHP está funcionando corretamente. Abra um editor qualquer e digite o seguinte código:

<!--?php phpinfo(); ?-->

E salve-o como index.php. Agora, copie-o para a pasta htdocs dentro do Apache e exclua o arquivo index.html que está lá. Vá ao seu navegador e digite localhost (ou localhost:<número da porta>, caso você tenha modificado). O resultado deverá ser o seguinte:

Se essa página com informações sobre o PHP aparecer, é sinal que ele está instalado corretamente.

Instalando o MySQL

Agora nos falta instalar o nosso banco de dados, que irá armazenará os dados de nossos aplicativos e páginas em PHP. Aqui no site do MySQL, vamos baixar a versão Community que neste momento se encontra na versão 5.5. Baixe o instalador (MSI Installer) de acordo com a arquitetura do seu Windows (32 ou 64 bits). Após a conclusão do download, execute o instalador.


Avance e selecione a instalação Típica e vá avançando. Ao final deixe marcada a opção para iniciar o assistente de configuração. Na tela de configuração, avance e marque a opção Standard Configuration.

Na tela seguinte, marque a opção para incluir o diretório bin do MySQL no Path do sistema e avance. Na tela seguinte será pedido a senha do usuário do administrador do MySQL. Coloque o que achar conveniente e avance ou desmarque a opção Modify Security Settings para deixar o usuário administrador sem senha (não recomendado). Avance e clique em Execute.

Clique em Finish para completar o processo. Agora é necessário realizar algumas configurações no PHP. Vá até a pasta e abra o arquivo php.ini. Procure pelos parâmetros mysql.default_usermysqli.default_user e coloque o valor root neles. Salve o arquivo e reinicie o Apache.

Se o processo foi completado sem erros, o seu ambiente já deve estar funcionando corretamente. Porém, vou incluir um passo extra opcional para gerenciar seu banco de dados.

Instalando o PHPMyAdmin (opcional)

O PHPMyAdmin é uma ferramenta web para o gerenciamento do banco de dados MySQL. No momento em que escrevo o post, a versão mais recente é a 3.4.8. Entre no site e baixe o arquivo phpMyAdmin-3.4.8-all-languages.zip. Após o download, descompacte o arquivo e remomeie a pasta para phpmyadmin. Após isso, mova-a para a pasta htdocs dentro da pasta de instalação do Apache.

Após isso, basta ir ao seu navegador e digitar localhost/phpmyadmin (ou colocando a porta, caso você tenha mudado).

Pronto! No caso ele deu uma chiada pela ausência de uma extensão (mcrypt, para criptografia), mas deve funcionar normalmente.

Bom, espero que o tutorial tenha sido útil a vocês! Até a próxima! 🙂

  • Gabriel Mizael

    só estou com uma dúvida, quando adiciono as linhas

    LoadModule php5_module “c:/php5/php5apache2_2.dll”

    AddType application/x-httpd-php .php

    PHPIniDir “c:/php5”

    no arquivo httpd.conf o apache não inicia. sabem o que pode ser?
    Obrigado pelo tutorial!

  • Matheus Rodrigues

    Creio que seja mais tranquilo para iniciantes, instalar diretamente alguns programas como WampServer ou Vertrigo, devido ao fato de já ter instalado Apache,MySQL, etc. 😀