Compilando e Instalando a biblioteca Allegro 5 no Ubuntu

Padrão

Olá pessoal! Neste post vou mostrar como obter a nova versão da biblioteca Allegro e como instalá-la em um computador rodando Ubuntu. Realizei os testes utilizando o Ubuntu 11.04, mas o processo deve ser o mesmo em versões anteriores ou mais novas.

Bom, o primeiro passo é instalarmos as dependências para a compilação e execução da biblioteca. Abra uma janela do Terminal. Nela, digite o seguinte comando para instalar as dependências obrigatórias:

sudo apt-get install build-essential subversion cmake xorg-dev libgl1-mesa-dev libglu-dev

Neste processo, será pedido sua senha e a confirmação para iniciar o download dos pacotes. O próximo passo é instalar as bibliotecas necessárias à compilação dos módulos da Allegro 5. Para isso, digite no Terminal:

sudo apt-get install libpng-dev libz-dev libcurl4-gnutls-dev libfreetype6-dev libjpeg-dev libvorbis-dev libopenal-dev libphysfs-dev libgtk2.0-dev libasound-dev libflac-dev libdumb1-dev

Por último, caso queira também construir os arquivos de documentação da biblioteca, execute no Terminal:

sudo apt-get install exuberant-ctags dvi2ps dvipdfmx latex2html pandoc

Após concluir as instalações dos pacotes, vamos baixar o código-fonte da Allegro 5 para compilarmos. Ainda no Terminal, digite o comando:

svn co https://alleg.svn.sourceforge.net/svnroot/alleg/allegro/branches/5.0 allegro-5.0

Este comando baixará o código-fonte dos repositórios oficiais e colocará em uma pasta chamada allegro-5.0. Agora, vamos navegar para a pasta e preparar os arquivos para a instalação. No Terminal, digite os seguintes comandos:

cd allegro-5.0</p>
<p>cmake -DCMAKE_INSTALL_PREFIX=/usr .

Com isso, já teremos os arquivos preparados para realizar a instalação. Para finalizar, digite no Terminal:

make</p>
<p>sudo make install

Pronto! Após a conclusão do processo, já deveremos ter a biblioteca devidamente instalada e pronto para ser utilizada.

Para testarmos se a biblioteca foi instalada corretamente, edite um arquivo no gedit ou no vim com o seguinte código (no meu caso, salvei com o nome de main.c:

#include &lt;stdio.h&gt;<br />
#include &lt;allegro5/allegro.h&gt;</p>
<p>int main(int argc, char *argv[])<br />
{<br />
	ALLEGRO_DISPLAY *janela = NULL;</p>
<p>	if (!al_init())<br />
	{<br />
		fprintf(stderr, &quot;Falha ao inicializar a Allegro 5\n&quot;);<br />
		return -1;<br />
	}</p>
<p>	janela = al_create_display(640, 480);<br />
	if (!janela)<br />
	{<br />
		fprintf(stderr, &quot;Falha ao criar a janela\n&quot;);<br />
		return -1;<br />
	}</p>
<p>	al_clear_to_color(al_map_rgb(255, 255, 255));</p>
<p>	al_flip_display();</p>
<p>	al_rest(10.0);</p>
<p>	al_destroy_display(janela);</p>
<p>	return 0;<br />
}

Para compilar e executar o programa, basta digitar no Terminal:

gcc -lallegro -oteste main.c</p>
<p>./teste

Pronto! Se deu tudo certo, aparecerá uma janela preenchida de branco que permanecerá na tela por 10 segundos.

Espero que ajude, e aguardem por mais posts sobre a Allegro 5! Até a próxima! 😀